Encontro com o diabo-espinhoso

IMG_0659

Seguíamos na estrada quando passámos por cima de algo que nos chamou a atenção. Parámos o carro e fomos ver de perto. Era o diabo-espinhoso!

Ali estava ele, o réptil típico da Austrália com picos por quase todo o corpo, completamente estático à espera que o confundissem com o alcatrão da estrada. Tal como o camaleão, o diabo-espinhoso escolhe a própria cor e pode ser amarelo ou castanho-escuro conforme a camuflagem que melhor lhe servir. Só come formigas mas como é apetecível para alguns predadores tem uma falsa cabeça atrás da verdadeira, para confundir as abetardas e os lagartos que o acham um pitéu!

O exótico diabo-espinhoso era também, segundo o Francisco, o cromo mais difícil de conseguir na (muito) antiga caderneta de colecção da Panini chamada “WWF – Animais a Salvar”. Um “cromo” que viemos encontrar ao vivo e a cores na estrada para o Kings Canyon em pleno Centro Vermelho da Austrália.

IMG_0655.JPG

 

 

4 pensamentos sobre “Encontro com o diabo-espinhoso

  1. Afinal, os cromos eram educativos… hahahahahaha

    Gostar

  2. Voltamos sempre aos cromos da nossa infância!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s