Indiana “Mia” Jones

image

Descemos as duas da caravana para fazer uma pequena paragem, esticar as pernas e atravessar uma ponte pedestre no Buller Gorge, costa Oeste da Ilha Sul da Nova Zelândia.

A ponte suspensa era muito mais estreita, muito mais alta e muito mais comprida, cerca de 110 metros, do que eu imaginara. Além de ter o revolto rio Buller a correr lá em baixo. Quando me apercebo disto, pergunto-lhe: “Queres mesmo ir, Mia? Não tens medo? Olha que não vou poder levar-te ao colo nem dar a mão”. Como resposta, oiço: “Não faz mal, claro que quero ir! Mãe… não tenhas medo, vem sempre atrás de mim, está bem?”

E fomos. E atravessámos para um lado e depois para o outro, ela sempre à frente, destemida, voluntariosa, e eu a seguir-lhe os passos, com as pernas a tremer, orgulhosa.

Acredito que assisti a uma imagem do que será o resto da vida. Ela a desafiar-se, a atirar-se de cabeça para a aventura qual Indiana Jones a dar o seu salto de fé, a arriscar o que por vezes me vai parecer insensato. E eu, na indecisão permanente entre o encorajar e o refrear, optando pelo silêncio não-influenciador na maior parte das vezes, assistindo na retaguarda, com o coração (e o telemóvel) nas mãos, pronta para qualquer eventualidade (registo do momento incluído, obviamente), para aparar uma queda, secar lágrimas, partilhar uma gargalhada, festejar um êxito. Vai ser sempre, palpita-me. Espero que com um pouco menos de adrenalina.

(Desculpa, Mãe, onde quer que estejas, todos os meus saltos de fé pelo caminho. Alguns devem-te ter doído. Especialmente a parte do ficar em silêncio…Agora percebo…)

image

5 pensamentos sobre “Indiana “Mia” Jones

  1. Isto é que é dar uma volta ao mundo… linda viagens!

    Gostar

  2. Grande aventureira que tu aí tens!!! Olha eu não sei se seria capaz de fazer essa travessia. E não tenho vertigens… Mas como se costuma dizer: Quem tem cu tem medo 😀

    Gostar

    • Ehehehe, eu também ia com medo…não só por ela (que ia na maior) mas por mim que no final já estava a ver a ponte a fugir-me dos pés 🙂

      Gostar

  3. Mia, Joana e Francisco, como eu vos admiro. Deve estar a ser uma aventura em grande. Como eu entendo agora esta vossa opção, numa altura me que a nossa Mia é ainda tão pequenina. Mas ela promete.
    Parabéns. Vocês pensaram idealizaram e assim fizeram. O Mundo avança com pessoas como vocês.
    Que continue tudo a correr pelo melhor nessa caminhada pelo Mundo.
    Beijinhos e vão enviando notícias.
    FATU

    Gostar

    • Fatu, muito obrigada pelo carinho 🙂 Sim, ela é pequenina, e sim, ela tem saudades da escola e dos amigos mas está muito feliz. Diz que adora viajar e aprende muitas coisas todos os dias. Vai esquecer-se de quase tudo, certamente que sim, mas o que está a viver já está dentro dela. Beijinhos

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s